Fontes:
Diminuir Fonte Aumentar Fonte

BIODIGESTORES


Biodigestores são câmaras que realizam a fermentação anaeróbia da matéria orgânica produzindo biogás e biofertilizante.

ONDE:

TB = Tamanho do biodigestor (m3);
V = Vazão diária de dejetos (m3/dia);
TRH = Tempo de retenção necessário para a degradação da matéria orgânica (varia de 20 a 50 dias).


VANTAGENS:

  • Fornecimento de combustível no meio rural através do biogás e adubo através do biofertilizante.
  • Valorização dos dejetos para uso agronômico.
  • Redução do poder poluente e do nível de patógenos.
  • Exigência de menor tempo de retenção hidráulica e de área em comparação com outros sistemas anaeróbios.
  • Processo de fermentação anaeróbia é lento porque depende das bactérias metanogênicas cuja velocidade de crescimento é lenta, o qual se reflete num tempo longo de retenção dos sólidos.
  • Necessidade de homogeneização dos dejetos para garantir a eficiência do sistema.

VEJA MAIS APLICAÇÕES:

CARACTERÍSTICAS:

Processo da digestão anaeróbia consiste na transformação de compostos orgânicos complexos em substâncias mais simples, como metano e dióxido de carbono, através da ação combinada de diferentes microorganismos que atuam na ausência de oxigênio. O biodigestor pode ser construído de pedra ou tijolo e a campânula de ferro, fibra de vidro ou PVC.

Existem dois tipos principais de biodigestores, o de batelada e o contínuo. No Brasil o modelo contínuo (indiano) foi o mais difundido pela sua simplicidade e funcionalidade.

Os dejetos de suínos possuem um bom potencial energético em termos de produção de biogás, tendo em vista, que mais de 70% dos sólidos totais são constituídos pelos sólidos voláteis, que são o substrato dos microrganismos produtores de biogás.

O biogás liberado pela atividade de fermentação anaeróbia do dejeto tem elevado poder energético e a sua composição varia de acordo com a biomassa.

No meio rural pode atender quase que totalmente às necessidades energéticas básicas, tais como: cozimento, iluminação e geração de energia elétrica para diversos fins.

Biofertilizante é o efluente resultante da fermentação anaeróbia da matéria orgânica, na ausência de oxigênio, por um determinado período de tempo.

Pode ser utilizado como adubo do solo tanto puro quanto na formação de compostagens.

O tamanho do biodigestor deve estar de acordo com as necessidades energéticas da propriedade, com a capacidade de consumo do biogás produzido, com o número de animais existentes e com a área disponível para aplicação do biofertilizante.

Um método prático para estimar o tamanho do biodigestor é dado pela fórmula abaixo: TB= V X TRH.

VOLTAR  

Clientes atendidos

SIGA, CURTA E COMPARTILHE:

Facebook Twitter RSS RSS
Avesuy © 2011 · Todos os direitos reservados
2op.com.br
Avesuy
Fone: 49 3433.4594    Fax: 49 3433 1591
Rua Ouro Preto, 860
Bairro Tonial - Xanxerê-SC